HISTÓRIA DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE PERNAMBUCO 


             Em Pernambuco, no dia 07 de agosto de 1636, foi criada a Companhia Brantmeesters, durante a ocupação Holandesa, se constituindo o primeiro serviço de extinção de incêndios das Américas.

            D. P
edro II, preocupado com o grande perigo de incêndios na capital do Brasil – Rio de Janeiro -, regulamentou por meio do Decreto, em 02 de julho de 1856, o primeiro serviço de extinção de incêndio em todo o país. Em virtude disso, a data foi escolhida para se comemorar o dia do bombeiro e D. Pedro II foi declarado oficialmente o patrono dos Corpos de Bombeiros do Brasil.

 

 

            Em 11 de agosto de 1885, era sancionada uma lei que autorizava da Companhia de Bombeiros em Pernambuco por meio de convênios com as companhias de seguros então existentes. Todavia, somente dois anos depois, em 23 de setembro de 1887, o Governo Provincial nomeava o Capitão Joaquim José de Aguiar – comandante da Companhia de Bombeiros do Recife -, tendo tomado posse em 20 de outubro do mesmo ano, ocasião em que foi expedida a primeira “Ordem do Dia”. Por isso, ficou então o dia 20 de outubro como a data comemorativa do aniversário do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco - CBMPE.

            Em 22 de junho de 1994, a Emenda nº 4 à Constituição Estadual de 1989 emancipou o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco da Polícia Militar, tornando-o independente.

            Desde então, a corporação busca constantemente melhores condições de trabalho e maior abrangência no atendimento, encontrando o apoio necessário do Governo do Estado e da sociedade civil.

Atualmente, o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco conta com um efetivo de cerca de 2.800 militares, tem uma eficiente atuação em todas as regiões do Estado com Grupamentos dirigidos pelos Comandos da Região Metropolitana e do Interior.

 

 

                        Na Região Metropolitana, os serviços são realizados por dois Grupamentos de Bombeiros de Incêndio (GBI), o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), Grupamento de Atendimento Pré Hospitalar (GBAPH) e pelo Grupamento de Busca Salvamento (GBS).  Acesse o endereço e telefones dos quartéis.

            Nos municípios do Interior, os trabalhos são efetuados por Grupamentos instalados nas cidades Vitória de Santo Antão, Caruaru, Serra Talhada e Petrolina.

            Também existem as Seções de Bombeiros em Fernando de Noronha, Gravatá, Garanhuns, Santa Cruz do Capibaribe, Suape e Belo Jardim que vêm recebendo o apoio dos Postos Avançados de Bombeiros – PABs recém inaugurados em Arcoverde e Afogados da Ingazeira.